Psy

"Só algumas pessoas escolhidas pela fatalidade do acaso provaram da liberdade esquiva e delicada da vida" "Sou como você me vê. Posso ser leve como uma brisa, ou forte como uma ventania, depende de quando e como você me vê passar" "Clarice Lispector"

6.6.06

Lenda









Sou Lenda,
porque as lendas são envoltas
em mistérios e magias.
São uma criação dos caminhos da mente,
a vaga imaginação,
da libertação dos silêncios da alma...

Sou Lenda,
porque as lendas
correm livres
junto ao vento,
buscando as vozes da memória
para que alcancem,
as histórias perdidas no tempo...

Sou Lenda,
pelo desejo incontido que há em mim,
de tornar possível
o encontro entre a lua e o sol.
diminuindo o entrave da dor...


Então, sendo Lenda
posso cavalgar pelos sonhos,
velejar pelos mares de sua saudade,
passear solta pelo seu pensamento...

Sendo Lenda,
posso brincar na sua alegria,
ser parte da sua emoção,
e caminhar,
tranqüila, pela sua ilusão...

Sendo Lenda,
posso escrever meu nome em sua vida,
e me instalar no aconchego do seu coração,
como uma sensação
chegando pelo perfume do ar...

Sendo Lenda
posso ser parte de você,
sem você perceber...

(Debora Bottcher)







1 Comments:

Anonymous Draconis diz...

Você é lenda!
Você é linda!

Hoje tive um pouquinho de tempo livre e acabei por descobrir o seu blog (via Encanto, claro). Como sempre a beleza está bem patente em tudo o que você faz!
Os meus parabéns, Psy.
Um beijo amigo

7:33 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

No amor, nem sempre são as faltas o que mais nos prejudica, mas sim a maneira como procedemos depois de as ter cometido. "Oví­dio"