Psy

"Só algumas pessoas escolhidas pela fatalidade do acaso provaram da liberdade esquiva e delicada da vida" "Sou como você me vê. Posso ser leve como uma brisa, ou forte como uma ventania, depende de quando e como você me vê passar" "Clarice Lispector"

11.9.07


Samyutta Nikâya
II 1
(Paticcasamuppãda)















"Condicionadas pela ignorância surgem as atividades intencionais;
condicionada pelas atividades intencionais, a consciência;
condicionados pela consciência, o nome-forma (mente e matéria);
condicionados pelo nome e forma, os sentidos;
condicionado pelos sentidos, o contato;
condicionada pelo contato, a sensação (sentimento);
condicionado pela sensação, o desejo;
condicionado pelo desejo, o apego;
condicionado pelo apego, o devir;
condicionado pelo devir, o nascimento;
condicionados pelo nascimento surgem a velhice e morte,
pesar, lamentação, sofrimento, tristeza e desespero.
Tal é o surgimento desta inteira massa de males.

[…] pela cessação da ignorância ocorre o cessar das atividades intencionais;
pela cessação das atividades intencionais, o cessar da consciência;
[…] pela cessação do nascimento cessam a velhice e morte,
o pesar, a lamentação, o sofrimento, a tristeza, e o desespero.
Tal é a cessação desta inteira massa de males".


1 Comments:

Blogger belakbrilha diz...

Condicionados...
Sim!!!... somos fruto de muitos condicionamentos...que aprendemos a ultrapassar ou a viver com eles.
Muitas vezes resistimos
...mas...
quando a nossa resiliência mesmo forte, começa a fraquecer...

pouco resta!!

beijos

10:35 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

No amor, nem sempre são as faltas o que mais nos prejudica, mas sim a maneira como procedemos depois de as ter cometido. "Oví­dio"