Psy

"Só algumas pessoas escolhidas pela fatalidade do acaso provaram da liberdade esquiva e delicada da vida" "Sou como você me vê. Posso ser leve como uma brisa, ou forte como uma ventania, depende de quando e como você me vê passar" "Clarice Lispector"

27.7.06

Use sua taça de cristal





Hoje existem edifícios mais altos e estradas mais largas,
Porém temperamentos pequenos e pontos de vista mais estreitos.
Gastamos mais,
Porém desfrutamos menos.
Temos casas maiores,
Porém famílias menores.
Temos mais compromissos,
Porém menos tempo.
Temos mais conhecimentos,
Porém menos discernimento
Temos mais remédios,
Porém menos saúde.
Multiplicamos nossos bens,
Porém reduzimos nossos valores humanos.
Falamos muito, amamos pouco e odiamos demais.
Chegamos à Lua,
Porém temos problemas para atravessar a rua e conhecer nosso vizinho
Conquistamos o espaço exterior,
Porém não o interior.

Temos dinheiro, porém menos moral . . .




É tempo de mais liberdade,
Porém de menos alegrias . . .
Tempo de mais comida,
Porém menos vitaminas...
Dias em que chegam dois salários em casa,
Porém aumentam os divórcios.
Dias de casas mais lindas,
Porém de lares desfeitos.
Por tudo isso,
Proponho que de hoje e para sempre . . .
Você não deixe nada " para uma ocasião especial ", porque cada dia que você viver será uma ocasião especial.
Procure Deus...
Conheça-o.
Leia mais, sente na varanda e admire a paisagem sem se importar com as tempestades.
Passe mais tempo com sua família e com seus amigos, coma sua comida preferida, visite os lugares que ama.
A vida é uma sucessão de momentos para serem desfrutados, não apenas para sobreviver.
Use suas taças de cristal, não guarde seu melhor perfume, é bom usá-lo cada vez que sentir vontade




As frases:
" Um desses dias ",
" Algum dia ",
Elimine-as de seu vocabulário.
Escreva aquela carta que pensava escrever
" Um desses dias ".
Diga a seus familiares e amigos
o quanto os ama.
Por isso não protele nada daquilo que somaria à sua vida sorrisos e alegria.
Cada dia, hora e minuto são especiais . . .
E você não sabe se será o último . . .
Desconheço a Autoria do Texto


1 Comments:

Anonymous Anônimo diz...

Your site is on top of my favourites - Great work I like it.
»

2:13 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

No amor, nem sempre são as faltas o que mais nos prejudica, mas sim a maneira como procedemos depois de as ter cometido. "Oví­dio"