Psy

"Só algumas pessoas escolhidas pela fatalidade do acaso provaram da liberdade esquiva e delicada da vida" "Sou como você me vê. Posso ser leve como uma brisa, ou forte como uma ventania, depende de quando e como você me vê passar" "Clarice Lispector"

26.7.06

Para Verônica

ouvindo



Em algum lugar do passado
Eu te deixei.
No presente,
Vejo você chegar...
Eu sabia,
Um dia,
Te encontrar.

Foi a forma de Deus
Me dizer que
Ainda sou capaz de Amar
E, de alguma forma
Ser Amada também.


Obrigada, por você existir em minha vida.
(para Verônica)


imagens: Kin Anderson

1 Comments:

Anonymous Anônimo diz...

Nice idea with this site its better than most of the rubbish I come across.
»

2:35 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

No amor, nem sempre são as faltas o que mais nos prejudica, mas sim a maneira como procedemos depois de as ter cometido. "Oví­dio"