Psy

"Só algumas pessoas escolhidas pela fatalidade do acaso provaram da liberdade esquiva e delicada da vida" "Sou como você me vê. Posso ser leve como uma brisa, ou forte como uma ventania, depende de quando e como você me vê passar" "Clarice Lispector"

11.6.07

True Love Forever © SuperStock, Inc.




Tão bom viver dia a dia...
A vida assim, jamais cansa...
Viver tão só de momentos
Como estas nuvens no céu...
E só ganhar, toda a vida,
Inexperiência... esperança...
E a rosa louca dos ventos
Presa à copa do chapéu.

Nunca dês um nome a um rio:
Sempre é outro rio a passar.
Nada jamais continua,
Tudo vai recomeçar!
E sem nenhuma lembrança
Das outras vezes perdidas,
Atiro a rosa do sonho
Nas tuas mãos distraídas...

Mário Quintana


Desconheço a autoria da imagem

2 Comments:

Blogger belakbrilha diz...

Olá Psy
Como vai?...há quanto tempo amiga!
Juro que um dia quando for grande vou aprender a fazer assim umas postagens lindas........de encantar!!! ;P

Está lindo, sensível, acolhedor e principalmente reflexivo!

Continue!!!

beijos da amiga

7:39 PM  
Blogger belakbrilha diz...

Olá Psy
Como vai?...há quanto tempo amiga!
Juro que um dia quando for grande vou aprender a fazer assim umas postagens lindas........de encantar!!! ;P

Está lindo, sensível, acolhedor e principalmente reflexivo!

Continue!!!

beijos da amiga

7:40 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

No amor, nem sempre são as faltas o que mais nos prejudica, mas sim a maneira como procedemos depois de as ter cometido. "Oví­dio"