Psy

"Só algumas pessoas escolhidas pela fatalidade do acaso provaram da liberdade esquiva e delicada da vida" "Sou como você me vê. Posso ser leve como uma brisa, ou forte como uma ventania, depende de quando e como você me vê passar" "Clarice Lispector"

16.3.07

O Tempo


Uma nuvem não sabe

por que se move em tal

direção e em tal
velocidade,

Sente um impulso... é para

este lugar que devo ir agora.


Mas o céu sabe

os motivos e desenhos
por trás de todas as nuvens,
e você também saberá, quando
se erguer o suficiente
para ver além dos
horizontes.

Richard Back



2 Comments:

Blogger belakbrilha diz...

Esta música é linda Psy!
Aliás todo este cantinho é "doce"

Erguer!

Muitas vezes nos erguemos, mas saber OLHAR para além dos horizontes...

É muito difícil...
contudo nunca IMPOSSÍVEL!

Quando o HOMEM quer
a OBRA NASCE!!!

Quanto ao bela...
Eu gosto sim, é o meu sentir...
Mas gostaria de saber tanta coisa sobre!!! ;)

beijos da amiga

8:03 PM  
Blogger Psy diz...

Obrigada, querida.

De fato...
Entendemos até onde avistamos.
Crescer implica em aprender a ver além dos limites de nossa visão.
O primeiro passo é reconhecer a linha que divide o vemos e o que de fato existe.
A gente chega,lá... um dia, um mês, um ano, um século ou até uma eternidade.
Creio na evolução... Não só material, como espiritual.
Beijos
da amiga...

12:54 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

No amor, nem sempre são as faltas o que mais nos prejudica, mas sim a maneira como procedemos depois de as ter cometido. "Oví­dio"